O Governo decidiu suspender os voos para fora e de fora da União Europeia no dia 19 de março, anunciou o Primeiro-Ministro António Costa.

Há, contudo, “duas exceções: os voos para os países extracomunitários onde há forte presença de comunidades portuguesas (Canadá, Estados Unidos, Venezuela e África do Sul), para garantir o princípio fundamental de estrita ligação com os nossos compatriotas da diáspora; e as ligações aéreas com todos os países de língua portuguesa, salvaguardando a especial ligação nesta situação de crise – no que diz respeito ao Brasil serão restringidas às rotas Lisboa-Rio de Janeiro e Lisboa-São Paulo”.

  • Partilhe