A expedição da documentação necessária para o exercício de voto dos eleitores portugueses residentes no estrangeiro terminou no dia 14 de Setembro. No entanto, no sobrescrito pré-impresso com a morada de destino faltou a palavra “Portugal”. Ou seja, a morada indicada é: Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, Administração Eleitoral, Praça do Comércio, Ala Oriental, 1149-018 Lisboa. Assim, no momento da devolução do boletim de voto, o eleitor deverá escrever no sobrescrito a palavra “Portugal” para garantir que o seu voto chega ao destino.

  • Partilhe