Embaixada de Portugal na Turquia

Ministério dos Negócios Estrangeiros

Mensagem do Embaixador

Mensagem de despedida do Embaixador Jorge Cabral

konsolosluk-igal-altnda

Ancara, 2 de Setembro de 2016

Caros Amigos e Concidadãos Portugueses,    

Chegou para mim o momento de terminar esta minha honrosa missão de chefiar a representação diplomática de Portugal na Turquia, que se iniciou com a minha chegada a Ancara, em Abril de 2012.

Ao longo do meu mandato, como foi desde o início meu propósito, procurei dar resposta ao enorme desafio de aqui promover a imagem e a visibilidade de Portugal – nomeadamente nos planos político, económico e cultural - assim procurando contribuir para um melhor conhecimento mútuo entre os dois países e aproximação das sociedades portuguesa e turca.

Para tal, dediquei-me à multiplicação de contactos com as autoridades locais, agentes da sociedade civil, empresários, académicos e agentes culturais, chamando sempre a atenção para o potencial de Portugal e para as inúmeras e enriquecedoras oportunidades existentes de parceria entre os dois países. De resto, a institucionalização de um mecanismo de diálogo económico regular entre os dois países - Comissão Conjunta Económica e Comercial Portugal-Turquia (JETCO) - iniciado em outubro de 2014, bem como a elevação das relações bilaterais ao nível de diálogo estratégico de Alto Nível (a I.ª Cimeira Intergovernamental Portugal-Turquia, realizou-se em Lisboa, com grande sucesso, em março de 2015) são sinais inequívocos da consolidação e aprofundamento das excelentes relações entre Portugal e a Turquia.

Outra prioridade minha foi servir, da melhor forma possível, todos os portugueses aqui residentes, ou apenas de passagem, tendo sido objeto da minha constante atenção o auxílio e préstimos devidos aos nossos concidadãos. Também em momentos difíceis e de pesados desafios, como aqueles que infelizmente todos aqui vivemos, nos últimos anos. O alargamento da nossa rede de cônsules honorários, com a criação dum novo lugar em Antália, obedeceu, de resto, a tal objetivo. Felizmente, pude sempre contar com a inestimável colaboração e ajuda de toda a equipa da Embaixada, que continua a levar por diante, de forma empenhada e entusiástica, o nosso programa de modernização dos serviços consulares, de forma a garantir uma maior celeridade e eficácia dos serviços prestados. Não será demasiado realçar, neste mesmo contexto, a criação de novas contas facebook e twitter, para uma maior proximidade com a comunidade portuguesa aqui residente, ou de passagem, bem como o aperfeiçoamento da qualidade da página Internet da Embaixada, que aqui já existia quando cheguei.

Foi pois com grande satisfação e regozijo que, após um esforço árduo e concertado, conseguimos resolver o problema da discriminação em termos de documentos exigidos para a entrada na Turquia, que tanto afetava negativamente os cidadãos portugueses. Assim e após a conclusão de um entendimento bilateral, os cidadãos portugueses passaram a estar isentos, a partir de 1 de março de 2013, da exigência de apresentação de passaporte para entrarem em território turco.

Não duvido que este caminho continuará a ser percorrido pela minha sucessora e restantes diplomatas desta Missão, bem como por todos os funcionários que, em conjunto, continuarão disponíveis, atentos e empenhados em poder contribuir para a modernização e dinamismo dos nossos serviços e prestação de todo o auxílio necessário.

Estou pois certo de que, também com a vossa inestimável ajuda com que sempre pudemos contar, desde a primeira hora, e em cooperação com os serviços da Embaixada, todos poderemos continuar a contribuir empenhadamente para que ambos os países persistam em explorar e aproveitar as inúmeras oportunidades que se lhes vão abrindo, de parte a parte, em benefício de uma ainda maior aproximação reciproca.

Viva Portugal. Viva a valentia, persistência e audácia dos portugueses e o raro exemplo de dedicação, empenho e integridade moral que aqui deixam!

Com amizade e votos de maiores sucessos, pessoais e profissionais, despeço-me com um muito obrigado e até sempre.

O Embaixador de Portugal em Ancara,

Jorge Cabral